segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

As características do amor


Oi gente! Graça e paz!


O assunto de hoje pode ter fama de difícil, ou complexo, mas na verdade é uma das coisas mais simples que existem. O amor é a essência do próprio Deus, foi implantado na Terra desde Adão, e é, desde sempre, o real motivo de existirmos. Seja ele entre Deus e nós, um homem e uma mulher ou entre amigos e familiares, o amor, que é uma decisão verdadeira, sempre é discutido e apresentado, muitas vezes, de uma maneira que ele não é. Tenho aqui no computador uma tradução de 1ª Coríntios 13, o tão conhecido capítulo do amor, e, particularmente, sou fã dele. Então, vamos lá, vamos conferir o que a bíblia diz a respeito do amor:


" O amor nunca desiste. O amor se preocupa com os outros mais do que consigo mesmo. O amor não cobra do outro aquilo que ele não pode oferecer-lhe. O amor não se escora, não tem 'cabeça inchada', não fórça os outros à cumprirem a sua vontade e nem se põe em primeiro lugar. O amor não perde o controle, não faz conta dos pecados, não paga mal com mal quando assim o fazem. Tem prazer no florescimento da verdade, sempre procura o melhor, sempre confia em Deus. Nunca olha para trás, mas mantêm-se firme até o fim. O amor nunca morre".


Quer você tenha consciência ou não, o amor de Deus dentro de você age dessa forma. Seja com Ele mesmo, com o seu namorado ou esposo, com seus familiares e amigos, o amor sempre está disposto a ver o outro em uma posição de conforto. As decisões do amor nem sempre são agradáveis no início, mas sempre são as melhores. Se você agir, em todas as áreas dessa vida, pela demonstração do amor, nunca irá se frustrar ou sair arrependido depois. Apenas plante, sem esperar receber, e colha os seus frutos eternos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário